terça-feira, 10 de agosto de 2010

Um ano de América

Eu no dia 09/08/2009 (dia que deixei meu mundo e embarquei nesta aventura) Eu no dia 01/08/2010 (é a foto + recente que tenho) e A pergunta: Quais são as mudanças visíveis?

Aventuras?Sim. Altos e baixos?Também. Tristezas?Muitas. Alegrias? Absurdas.
Balanço final:experiência totalmente ÚNICA.

Foram estas palavras que tomaram conta dos meus pensamentos qdo resolvi refletir nestes meus últimos 365 dias. Vivi uma montanha russa no quesito emoções e sentimentos.

Este ano com certeza tem um brilho diferente, que o torna totalmente mais especial e importante que os 28 anteriores.

Sou uma profissional de marketing, pós graduada em eventos, depois de quase 5 anos de tanta dedicação e angústias. Quase casei - e terminei o noivado de quase de 4 anos.

Deixei para trás meus suados e trabalhosos anos de eventos e promoções.

Descobri que os nossos grandes amores nunca vão embora e que não é possível esquecer o grande amor da sua vida, independente das pessoas que apareçam em sua vida depois dele.

Promovi o desapego (na verdade aquela dependência enorme) com a minha família...E tudo ficou para trás, em nome de viver um sonho, uma aventura, e no vocabulário de muitos, uma loucura.

E cá estou...Não vim para os Estados Unidos pra ficar rica. Não tenho a intenção de encontrar marido rico (e depois de exatos 12 meses aqui, tbm não tenho nenhuma intenção de me casar com um americano), mas estou realizada em taaaantos outros aspectos...

Aprendi a me virar em absolutamente tudo sozinha.Me tornei mulher de verdade e adquiri o maior orgulho do mundo por mim mesma, por ter aprendido a ter a total consciência de quão forte, esforçada, guerreira e batalhadora eu sou. De como fui decidida, de como tive fibra, garra e força de vontade para chegar até aqui.

Eu sempre fui sonhadora, sempre tive vontade de arriscar, mas sempre me faltou coragem para largar tudo e correr atrás deste sonho, assim sem garantias.

Mas chega uma hora que ou você toma uma atitude, ou vc cai na mesmisse, no abismo da falta de perspectiva, e o engraçado que isto foi oque sempre odiei, oq sempre fui contra...afinal, sem perspectivas, qual é o motivo de viver a vida?

Sempre fui extremamente perfeccionista...sou daquelas que costuma dar o seu melhor em tudo...tenho as gavetas mais organizadas, o carro mais arrumadinho, a bolsa onde vc acha tudo facilmente, as neuras mais estranhas (chego ao cúmulo de organizar minhas roupas e sapatos por cor, da mais clara para a mais escura) mas chega uma hora que o perfeccionismo, de qualidade tão apreciada por todos, torna-se um defeito mto complicado, principalmente para quem o tem... Parei para pensar nisto, na época, e a conclusão me fez refletir nestes fatos:

O que eu ganhei por ser moralmente correta?Por prezar por ser a "certinha" sempre?Por ser a namorada exemplar, ser para ele a mãe, a amiga, a irmã, a médica, a namorada, a noiva, a mulher de verdade? Por trabalhar duro, me desdobrar além do que mesmo meu corpo aguentava? Por ser sempre super dedicada, ótima aluna, me revirando em mil para dar conta do estudo da melhor forma possível (levando em consideração que a minha faculdade era simplemente do outro lado do mundo e eu atravessava a cidade de ônibus para chegar)? Por tentar fazer tudo certinho, dançando a música que a sociedade tocava? Eu não ganhei nada. Na verdade, é injusto dizer nada... ganhei mta dor de cabeça, nível de stress elevadíssimo, ganhei algum dinheiro (que já gastei), algumas brigas com pessoas que amo e insatisfação, infelicidade, dor no peito, sofrimento, frustração, mágoas...

Dai chegou uma hora q cansei de seguir regras: decidi seguir o meu coração! E tantaaaaaaaaaas coisas aconteceram....conheci mta gente nova, lugares novos, explorarei inúmeras sensações...quebrei a cara com a primeira host family, fiquei na berlinda, achando q ia voltar para o Brasil frustrada, sem ao menos ter aprendido a conjugar os verbos em inglês (sim, pq qdo cheguei ak, meu inglês era tão ruim q nem isto eu sabia fazer) - e olha q eu achava q sabia mtoooo em English (como a gente se engana, como a visão do mundo torna-se tão limitada se vc a enxerga por uma janela minúscula), imagina para quem trabalhava no Brasil como recepcionista de eventos bílingue - pensa o tamanho da frustração!).

E cheguei aqui com o coração totalmente ferido, com menos de 2 meses de término do meu noivado...tendo que curar feridas q ainda sangravam...

Preciso confessar: foi punk (apesar de eu ter sido forte, de ter demonstrado sempre que estava tudo bem - e certamente minha família não saber nem 1/3 das "barras" que passei e segurei por ak), mas hj, 365 dias depois de ter embarcado naquele avião, de ter entrado nesta aventura toda, eu só posso dizer uma frase: VALEU CADA SEGUNDO!

Como já escrevi, sou outra pessoa, muito mais mulher e mto mais segura do que quero.E cada milésimo de segundo aqui foi proveitosíssimo para isto!

Ainda tenho muito oque melhorar...quero aprender a me policiar para ser menos explosiva (e este trabalho vem funcionando como uma terapia), preciso deixar de ser "a mocinha-que-todo-mundo-acha-uma-fofa-,-pq-não-sabe-falar-não-para-ninguém", quero tentar parar de querer as coisas perfeitamente perfeitas, tentar relaxar, ser menos coração e mais razão... mas eu tenho me esforçado!E sei que logo eu chego lá!

PORQUE AGORA EU NÃO TENHO MAIS MEDO! Eu sou grande (e isto não se relaciona aos meus 1,80 de altura)!

Eu sei que posso todas as coisas neste mundo! Acima de tudo, pq sei que MEU DEUS está comigo!

Parabéns para mim!Sopro hoje a minha primeira velinha da minha vida na América! A velinha da minha independência! Que venham as próximas (aqui, na Europa, na Austrália, no Brasil...não importa)! Sopro hj a vela que marcou o meu amadurecimento, o meu crescimento!

E pra comemorar, vou confessar um segredo: este post está programado, hj é dia 04/08/2010, data que vos escrevo, pq exatamente no dia 10/08/2010 (dia oficial do meu desembarque nos EUA), eu estarei na costa oeste, aproveitando as minhas férias na Califórnia, mais precisamente em Las Vegas e San Diego!(Aguardem os próximos posts e fotos!)

E você? Está perseguindo sua paixão, aquele sonho de vida que faz com que salte da cama todas as manhãs pronto para agarrar as oportunidades que se apresentarem?
Ou você está preso no atoleiro de um trabalho longe de ser satisfatório?Num relacionamento fracassado?
A Bíblia ensina:“Tudo quanto fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio d’Ele graças a Deus Pai” (Colossenses 3.17).
É muito mais fácil agir assim quando se está fazendo aquilo que se ama!

Saudades,mtaaas!Mas agora Baby, so sorry, but I am at Vegas (What happen in Vegas, stay in Vegas!) e depois "Garota eu vou pra Califórnia" hahaha

Um beijão a todos vcs!

Camilinha.

PS: Família Querida, eu amo demais todos vcs!
E podem ficar orgulhosos de mim, pq hoje nesta trip, eu estou realizando um grande sonho!Beijos mil meus amores!

10 comentários:

The world is mine disse...

Olá, descobri seu blog e já li todas as suas aventuras na Terra do tio Sam. Por sinal, grandes viagens hein? Deve tá aproveitando a West Coast.
Gostaria de saber um pouco mais do ser processo para conseguir família, já que vc foi sem agência. Como foi para conseguir visto, essas coisas. Se puder contar, eu gostaria de saber.
Bjos.

Luana

Glau Ribeiro disse...

To sem palavras, Camilinha!! Feliz por ler sobre a experiência incrível q vc está vivendo, e com mta vontade de viver ela com vc!!

É tão bacana ver nas pessoas oque a experiência do intercâmbio faz.. Tranforma. Faz surgir força de qq lugar. Eu gostei tanto, mas tanto de ler seu post de aniversario!! E fico torcendo cada vez mais por vc daqui!!

Que Deus continue te abençoando e guiando seu caminho.. Sempre!! Com Ele a gente pode tudo!!!

Beeeeijo, lindona!!

Se cuida e conta tudo da viagem!!

Aproveita!!

Roberta Veloso disse...

Oie...
1° vez aqui e já amei...nossa parabéns...as mudanças é que nos ensina a viver
te desejo muito boa sorte na sua vida...e claro sempre acreditando em Deus

te seguindo
beijos

Bruninha disse...

Camilinhaaaaaa

Fiquei arrepiada com teu post!!

E emocionada, por que somos exemplos de superação, d depois de tanta dor, conseguirmos sobreviver!!!

PARABÉNS!!

Te desejo mais sucesso ainda, sempre!!

SAUDADES, SUMIU!!!

Queria falar com vc, pra combinarmos a viagem, eu quero mesmo ir!!

Bjs

Leandro Marçal disse...

Querida Nega piruléia,

Um dia vou aprender o que é batalhar, ralar, porque ganhar a vida na mamata eu já sei.

Sou muito preguiçoso pra "vencer na vida"... hauhauhaua

Parabéns! De verdade, o fácil é pra qualquer um, coragem e dificuldade é pra quem aguenta!!

Show!

Te admiro,

Beijos,

Leandro

Frô disse...

Oi Camilinha,

Eu tb tinha um blog na minha época de Au Pair, agora o blig meio que desativou todo o conteúdo, deixando só a primeira página disponível (se tiver curiosidade, passa no "Minha Vida Skankarada": )

Eu sei exatamente o que você está sentido, uma realização de crescimento pessoal que você não mede em dólares ou em objetos conquistados. Hoje eu estou trabalhando no maior evento do mundo na China, e se eu não tivesse passado pela experiência de Au Pair, talvez nunca tivesse chegado aqui.

Valeu pela visita no "Morando", coloquei um Gadget no topo direito para você poder me seguir agora.

Bjs,
Frô.

Frô disse...

Faltou o endereço do meu ex blog de Au Pair: http://frozine.blig.ig.com.br/

;)
Frô.

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Ei Camilinha! Sei bem de tudo o que está falando, fiz 3 intercâmbios e acho que é a melhor experiência do mundo. Tanto que escrevi um livro sobre isso. Mas fico feliz em ver como você mostra-se madura e feliz mesmo com os altos e baixos, eles acontecem aqui, ai ou ali. Crescer sempre!

Beijos e parabéns por suas conquistas.

Flavia Mariano

Glau Ribeiro disse...

Saudade de te ler! Aparece, Camilinha!

Espero que tudo esteja bem por aí!

Se cuida!
Com Deus!

Bejobejo

Bruninha disse...

Camileeeeeeeex

Saudades de vc, tenho pensando tanto em ti, naquele sentimento que n´so sabemos qual éee :(

Esses dias queria tanto falar contigoo, mas num vejo mais vc :(

Amigaa, quero combinar a viageeem, agora é reaaaaaaal só depende de vc, preciso da sua ajuda pra realizar ela.

Saudades

bjs

Aaaaah, amei a foto em Holy, rs

bjs